Concurso MP-PE/2018: Inscrições para nível médio e superior são reabertas

Por | 31/10/2018

O Ministério Público do Estado de Pernambuco reabriu até as 14 horas da próxima quinta-feira, 1º de novembro, as inscrições do concurso público (Concurso MP PE 2018) para preenchimento de vagas nos cargos de Analista e Técnico Ministerial, com requisito de ensino superior e médio, respectivamente. A Fundação Carlos Chagas (FCC) tem a responsabilidade do certame.

Veja Edital Aqui

De acordo com o edital de concurso MP-PE 2018, as vagas serão destinadas aos cargos de Analista Ministerial nas áreas Jurídica (07 vagas + Cadastro Reserva), Auditoria (01 vaga + Cadastro Reserva), Biblioteconomia (01 vaga + Cadastro Reserva), Área Documentação (01 vaga + Cadastro Reserva), Serviço Social (Cadastro Reserva), Arquitetura (Cadastro Reserva), Medicina (Cadastro Reserva), Engenharia Civil (Cadastro Reserva), Jornalismo (Cadastro Reserva), Informática (Cadastro Reserva) e Pedagogia (Cadastro Reserva); e Técnico Ministerial nas áreas Administrativa (13 vagas + Cadastro Reserva). Os salários estão fixados nos seguintes valores: Analista Ministerial (R$4.809,54), Técnico Ministerial (R$3.171,52).

Inscrição Concurso MP-PE/2018

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre os dias 1º de outubro a 01 de novembro de 2018, no endereço eletrônico oficial da organizadora (www.concursosfcc.com.br). A taxa de inscrição custará: R$110,00 para nível superior, R$75,00 para nível médio.

Provas Concurso MP-PE 2018

Provas objetivas

As avaliações serão aplicadas em Recife (PE) no dia 02 de dezembro de 2018A avaliação, que terá duração de 04 horas, será aplicada nos seguintes períodos:

a) no período da MANHÃ: para o cargo/área de Técnico Ministerial – Administrativa;

bno período da TARDE: para os cargos de Analista Ministerial – todas as áreas.

Provas discursivas

Para todos os Cargos/Áreas, a Prova Discursiva – Redação será aplicada juntamente com as provas objetivas para todos os candidatos inscritos e somente serão avaliadas as dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas objetivas, no limite estabelecido no quadro abaixo, mais os empates na última posição de classificação, e todos os candidatos com deficiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *