É possível conciliar trabalho e estudo para concursos?

Por | 30/10/2018

Nos tempos recentes, em que vivemos períodos de difícil economia e oportunidades de emprego escassas, nada mais coerente do que procurar se especializar para se favorecer no mercado de trabalho. O único problema é que, devido à crise econômica, também é cada vez mais comum as pessoas terem a necessidade de trabalhar e estudar ao mesmo tempo, pois precisam arcar com suas próprias despesas, por mais que ainda sejam jovens e tenham os pais para ajuda-los.

Por outro lado, já ainda aqueles que já constituíram família e precisam sustenta-la com salário de seu trabalho. Mas, ao mesmo tempo, procuram se especializar por meio dos estudos para crescer profissionalmente e adquirirem maiores salários para melhorarem de vida. Porém, até chegar à fase da bonança, a maioria passa pela fase da tempestade, que é conseguir conciliar trabalho e estudo. Muitos não conseguem arcar com esse tipo de carga por que não conhecem planos de estudos e estratégias que possam ajuda-los a obter nessa empreitada.

1 – Saiba administrar seu tempo

Para quem trabalha e estuda, tempo é uma ferramenta extremamente preciosa! Por isso, todo o tempo de estudo e trabalho deve ser bem planejado e estabelecido, pois assim você consegue traçar melhor seus objetivos de estudo e até mesmo aprender de forma mais clara.

Geralmente, àqueles que precisam conciliar duas atividades tão árduas, estabelecer rotina e horário é tudo. Considerando alguém que trabalha oito horas por dia, o estabelecimento de três ou quatro horas diárias para estudar – alternando entre duas disciplinas por dia e também exercícios de uma dessas matérias – são essenciais para estabelecer o devido conhecimento pragmático das disciplinas estabelecidas.

2 – Saiba parar de estudar

Assim como hora de estudar serve apenas para estudar, suas horas vagas não devem ser passadas estudando! Nosso corpo humano apresenta um pré-determinado nível de concentração máxima diária, o que influencia em sua capacidade de assimilar dados e conteúdos estudados por dia. Por isso, principalmente para aqueles que gastam energia não só física, mas principalmente mental com a carga horária trabalhista, é importante ter um tempo de descontração para aliviar a mente. Disponibilize tempo para sua família, amigos e para si mesmo.

Nos finais de semana, apesar de também precisar estudar, procure sair de casa e marcar algum programa com os amigos em um ambiente diferente da sua área de estudos. Vá ao cinema, faça compras no shopping ou organize qualquer outra atividade que faça a sua mente pensar em assuntos que não envolvam fórmulas, conjugações verbais e conteúdos decorados.

3 – Não perca a motivação

Não se permitir desanimar é chave de todo o sucesso. Ao trabalhar e estudar, o cansaço e enfado com certeza serão maiores do que em quem só trabalha ou estuda. Sendo assim, o desânimo e a vontade de desistir te tentarão mais do que a qualquer outro, e você deve resistir a essa tentação! Não se deixe desanimar por nada.

Se você por acaso estuda sozinho, ou faz aulas em cursinhos, mas deseja ter mais alguma outra fonte de aprendizado, procure vídeo aulas que tirem suas dúvidas como nenhum professor faz! Se achar que não entende muito bem alguma disciplina, procure em diversos sites na internet, converse com algum especialista na área e veja exercícios resolvidos e comentados da matéria em que tem dúvida em diferentes sites de busca.

Acima de tudo, conte com os verdadeiros amigos em momentos difíceis como dificuldades com a disciplina e conciliação com o trabalho. Afinal, nunca dissemos que estudar sozinho é a melhor opção! Portanto, não tenha medo de organizar grupos de estudos com seus companheiros de classe e até do trabalho que também tenham o mesmo objetivo com você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *